quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Lynda Waterhouse - Autora do livro Soul Love

Olá!!!
Essa semana comecei a ler Belle, o livro que comprei na biena, mas andei arrumando minha estante de livros e quando olhei pro Soul Love não resisti, senti uma voltante enorme de ler novamente. Então, parei Belle ( que aliás estou amando) e li Soul Love de novo.
De repente pensei em procurar outros livros da autora, já que amo o jeito que ela escreve, tão romântico, mas tão simples. 
Pesquisei aqui na internet e acabei descobrindo que aqui no Brasil só foi lançado o Soul Love..Que chato!! 
Mas resolvi postar aqui o pouco que achei sobre a vida dele, realmente ela não é muito conhecida aqui no Brasil.

Perfil da autora:
 
Nascida em Oldham, uma cidade perto de Manchester na Inglaterra, desde menina escreve histórias e poemas, diz que sonhar e tecer ideias faz parte de seu DNA. Lynda tem ideia para suas histórias a partir das outras pessoas. É curiosa e gulosa pelos seus comportamentos, sua cabeça está sempre cheia de ideias ou personagens.
Seus livros favoritos são Persuasão da Jane Austen, Tenant of Wildfell Hall da Anne Brontë, Drácula de Bram Stoker e a série Fronteiras do Universo do Philip Pullman, entre outros…

Três de seus livros mais antigos já não são mais comercializados, pois não receberam uma nova edição: Bonnie Fitch, More Bonnie Fitch e Just Like (infantil). Entre seus livros mais recentes estão: Fall Out e Cut Off, e a série infato-juvenil Sand Dancers.

Frases da autora:

 Estou cansada de viver como se já fosse uma pessoa adulta e madura. Gostaria de voltar a ser criança – uma garotinha de seis anos que caiu da bicicleta. Gostaria de fazer cara de choro e correr aos berros para a cozinha, onde minha mãe me ergueria do chão, me daria um forte abraço e beijaria meu joelho esfolado. Eu pararia de chorar e tomaria leite com chocolate para a dor passar.
Essa é uma das coisas que as pessoas não nos ensinam quando falam de crescer: como lidar com as dores que não passam com um beijo.
A astronomia realmente nos obriga a olhar para cima, à procura de um novo mundo. Amo o céu noturno. Olhar para o alto faz nosso espírito elevar-se também. Sempre me sinto mais cheia de esperanças quando olho para as estrelas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog!
Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

Bjos ><